16 de mai de 2008

PALESTRA TST



P A L E S T R A LIXO NOSSO DE CADA DIA

Caminhos e descaminhos do consumo ao descarte, passeando por projetos e caindo na “inclusão” social. Como conviver neste planeta que nos acolhe, de forma a garantir nossa sobrevivência e a das gerações futuras? O agravamento dos impactos ambientais causados por nossas atividades tem comprometido a vida. Nesta palestra será tratado um dos temas mais decisivos para qualidade ambiental, “Lixo nosso de cada dia” é uma busca da reflexão de nosso consumo e destinação do lixo que geramos, além de caminhar por projeto de “inclusão” social. Esta palestra tem por objetivo despertar a competência ambiental, onde o ser humano se veja capaz de atuar de forma a atenuar os impactos de seu modo de vida sobre o meio ambiente. Palestrante: Cleber Oliveira, biólogo, consultor ambiental é especialista em educação e meio ambiente, diretor da empresa de consultoria ambiental Tarumã, onde atua na coordenação de programas de desenvolvimento de florestas comunitárias e de marketing ecológico.

Realização: TST

Parceria: Tarumã Consultoria Ambiental

A palestra será realizada dia 15 de Maio as 13:00hs

TST AMBIENTAL TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO SAFS – QUADRA 8 – LOTE 1 – BLOCO A - 4ª ANDAR – SALA 462 – BRASÍLIA – DF CEP : 70.070-600 TEL : (61)3314-3410 FAX: (61)3314-4195 E-mail: tst.ambiental@tst.gov.br]

RECICLAGEM DE PAPEL

FONTE: http://www.ambientebrasil.com.br/composer.php3?base=residuos/index.php3&conteudo=./residuos/reciclagem/papel.html#topo

Reciclagem de Papel

Processo de Reciclagem do Papel

Papel Reciclável x Papel Não-reciclável

Vantagens de Reciclar Papel

A reciclagem do papel é tão importante quanto sua fabricação. A matéria prima para a fabricação do papel já está escassa, mesmo com políticas de reflorestamento e com uma maior conscientização da sociedade em geral. Com o uso dos computadores, muitos cientistas sociais acreditavam que o uso de papel diminuiria, principalmente na indústria e nos escritórios, mas isso não ocorreu e o consumo de papel nas duas últimas décadas do século XX foi recorde.
Na fabricação de uma tonelada de papel, a partir de papel usado, o consumo de água é muitas vezes menor e o consumo de energia é cerca da metade. Economizam-se 2,5 barris de petróleo, 98 mil litros de água e 2.500 kw/h de energia elétrica com uma tonelada de papel reciclado.

Processo de Reciclagem do Papel

Papel reciclável x Papel não-reciclável
Reciclável
Não-reciclável
Caixa de papelão
Papel sanitário
Jornal
Copos descartáveis
Revista
Papel carbono
Impressos em geral
Fotografias
Fotocópias
Fitas adesivas
Rascunhos
Etiquetas adesivas
Envelopes
Papel timbrado
Embalagens longa-vida *
Cartões
Papel de fax

* papel + plástico + alumínio

Vantagens de Reciclar Papel

Redução dos custos das matérias-primas: a pasta de aparas é mais barata que a celulose de primeira.

Economia de Recursos Naturais.

- Madeira: Uma tonelada de aparas pode substituir de 2 a 4 m3 de madeira, conforme o tipo de papel a ser fabricado, o que se traduz em uma nova vida útil para de 15 a 30 árvores. - Água: Na fabricação de uma tonelada de papel reciclado são necessários apenas 2.000 litros de água, ao passo que, no processo tradicional, este volume pode chegar a 100.000 litros por tonelada.- Energia: Em média, economiza-se metade da energia, podendo-se chegar a 80% de economia quando se comparam papéis reciclados simples com papéis virgens feitos com pasta de refinador.- Redução da Poluição: Teoricamente, as fábricas recicladoras podem funcionar sem impactos ambientais, pois a fase crítica de produção de celulose já foi feita anteriormente. Porém as indústrias brasileiras, sendo de pequeno porte e competindo com grandes indústrias, às vezes subsidiadas, não fazem muitos investimentos em controle ambiental.
Criação de Empregos: estima-se que, ao reciclar papéis, sejam criados cinco vezes mais empregos do que na produção do papel de celulose virgem e dez vezes mais empregos do que na coleta e destinação final de lixo.
Redução da "conta do lixo": o Brasil, no entanto, só recicla 30% do seu consumo de papéis, papelões e cartões.
O papel reciclado pode ser aplicado em caixas de papelão, sacolas, embalagens para ovos, bandejas para frutas, papel higiênico, cadernos e livros, material de escritório, envelopes, papel para impressão, entre outros usos.